Premiação do Pontos de Leitura



Hoje a tarde foi realizada a cerimônia de premiação do edital Prêmio Pontos de Leitura, no Palácio da Aclamação em Salvador.

O edital é resultado da parceria entre a Secretaria de Cultura do Estado, através da Fundação Pedro Calmon e Fundação Cultural do Estado da Bahia com o Ministério da Cultura – MinC através do Programa Mais Cultura. Segundo Ubiratan Castro, diretor geral da Fundação Pedro Calmon, "O Programa Mais Cultura é o PAC da Cultura". O edital tem o objetivo de incentivar ações culturais que fomentem a democratização do acesso gratuito aos livros e o estímulo à leitura. Além de ampliar as perspectivas de inclusão social e de promover a formação de redes sociais e culturais, combatendo os baixos índices de leitura.

Inscrevi o projeto "Bibliocicleta – Design como Ferramenta de Transformação Social e Desenvolvimento Comunitário" e para minha felicidade, e acredito que de muitos, fomos contemplados!

O Projeto Bibliocicleta será realizado em três etapas. A primeira consiste em fazer intervenções com a bibliocicleta em comunidades de Simões Filho. A Bibliocicleta irá percorrer essas comunidades expondo os livros em praças, coretos, debaixo de árvores, se relacionando com as crianças, com os jovens e com moradores da localidade.

Nessas intervenções serão identificados possíveis multiplicadores, jovens que ao entrar em contato com a bibliocicleta se interessem em replicá-la em suas comunidades. Esses jovens serão convidados a participar da Oficina de Design aplicado à comunidade e construção de bibliocicletas.

Cerca de 15 jovens terão um semestre voltado para o conhecimento do design, da sua eficácia na solução de diversos problemas comunitários e cotidianos, além do entendimento da importância da leitura e da sua disseminação. Essas oficinas também terão como pauta a reflexão do papel do jovem como protagonista de seu desenvolvimento. Nas oficinas eles terão acesso a uma metodologia projetual que norteará as ações desenvolvidas por eles. A metodologia ensinada terá como exemplo prático a própria bibliocicleta, demonstrando todo seu processo de construção, desde as primeiras pesquisas e desenhos até o desenvolvimento do produto final.

Após o processo de trabalho e reflexão sobre a importância da leitura, da disseminação do conhecimento e do papel deles como cidadãos, os jovens multiplicadores intervirão em suas comunidades com suas bibliocicletas. Percorrerão as ruas, praças e espaços de convivência mostrando o trabalho realizado, disseminando o livro e estimulando a prática da leitura entre os amigos e moradores das regiões em que vivem.

Além do Projeto Bibliocicleta, todos serão convidados a participar de outras ações do Instituto Alvorada, instituição social que sediará o projeto.

Quando trabalhamos na causa do bem sempre temos o necessário. Que acreditemos sempre em nossas ações!

Um fraterno abraço para todos.

8 comentários:

Emissu disse...

Parabéns meu velho! Pra sempre avante!

Ricardo Pedreira disse...

Show de bola, morenidade!! Parabéns, mais uma vez!!

Alessandro Faria disse...

Orgulho total!!!!!!!!!!!

Augusto Leal disse...

Valeu galera!!

Cristiano Piton disse...

Acredite em suas ações!!!!!

Edvaldo Filho disse...

Parabéns Gutão!!! Você está corretíssimo quando diz "para minha felicidade, e acredito que de muitos".

Augusto Leal disse...

Valeu Edie!!

Tem muitas pessoas que acompanham o projeto desde o começo, e isso tudo devo a elas também!!

Muita luz!!

França disse...

Augusto parabéns você merece, mais saiba que tudo isso não e nada para o que Deus estar preparando para você, que ele continue abençoando a sua vida e derramando chuvas de bençãos sobre ela um abraço.